Home » Moraes manda transferir Filipe Martins para presídio

Moraes manda transferir Filipe Martins para presídio

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
agora:-moraes-manda-transferir-filipe-martins-para-presidio

Assessor especial para assuntos internacionais da Presidência foi transferido da carceragem da PF em Curitiba para complexo de Pinhais, famoso como o presídio da Operação Lava Jato

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou, nesta sexta-feira (23), transferir Filipe Martins, assessor especial para assuntos internacionais da Presidência no governo de Jair Bolsonaro (PL), da carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba para o Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, no Paraná, que ficou conhecido como o presídio da Operação Lava Jato.

Martins foi preso em Ponta Grossa (PR) em 8 de fevereiro, na Operação Tempus Veritatis, deflagrada pela PF para levantar provas em investigação sobre uma suposta “organização criminosa” que visava promover um golpe de Estado para impedir a posse de Luiz Inácio Lula da Silva e manter Bolsonaro no poder.

Na quinta-feira (22), assim como Bolsonaro e outros 21 investigados, Martins foi interrogado por um delegado sobre o caso. Mas, diferentemente do antigo chefe, Martins respondeu às perguntas dos investigadores.

 

Filipe Martins negou fazer parte de qualquer plano de golpe de Estado e ter se ausentado do País em 30 de dezembro na companhia do então presidente Bolsonaro, que viajou para Orlando, na Flórida (EUA), sem passar a faixa presidencial à Lula nem reconhecer a legalidade da vitória do petista.

Os advogados João Vinícius Manssur, William Iliadis Janssen e Ricardo Scheffer, que defendem Filipe Martins, divulgaram uma nota sobre o depoimento. Eles disseram esperar a revogação da prisão preventiva do cliente.

“O depoimento do Sr. Filipe Martins, como era de se esperar, foi claro e objetivo. Filipe está tranquilo, mas inconformado com a sua prisão, que julga precipitada e ilegal. Aguardamos agora a decisão referente ao requerimento de revogação da prisão preventiva, pontuando que essa só deve persistir em casos excepcionalíssimos, quando a liberdade em si for um risco, o que demonstrado não ser o caso de Filipe, sob pena de a medida se transmutar em um cumprimento antecipado de uma eventual e absolutamente incerta pena, que naturalmente só poderá ser determinada após o trânsito em julgado, e não antes, em respeito ao princípio constitucional da presunção de inocência”, diz a nota.

No presídio de Pinhais, Filipe Martins deverá permanecer os primeiros 30 dias isolado em uma cela da chamada “inclusão”, sem direito a receber visitas, além da de seus advogados, conforme protocolo da penitenciária.

O Tempo

 

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados