Home » Arma encontrada em apartamento de Valdemar Costa foi ‘esquecida há vários anos’, alega defesa

Arma encontrada em apartamento de Valdemar Costa foi ‘esquecida há vários anos’, alega defesa

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
arma-encontrada-em-apartamento-de-valdemar-costa-foi-‘esquecida-ha-varios-anos’,-alega-defesa

A defesa de Valdemar Costa Neto, presidente do Partido Liberal, alegou nesta sexta-feira (9) que a arma sem registro encontrada no apartamento do político “pertence a um parente próximo e foi esquecida há vários anos” no local. Valdemar foi preso em flagrante pela Polícia Federal na quinta-feira (8) durante busca e apreensão de operação que apura a participação de pessoas na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado democrático de Direito.

A arma irregular e uma pepita de ouro encontradas no local motivaram a prisão em flagrante, já que não havia contra Valdemar um mandado de prisão preventiva pela operação da PF. Os dois crimes investigados que motivaram a detenção são posse irregular de arma e usurpação de minerais.

Na avaliação da defesa de Valdemar, “não há fato relevante algum” para motivar a prisão. “A pedra apreendida tem baixo valor e não configura delito segundo a própria jurisprudência”. Quanto à arma, a alegação é de que ela é registrada, tem uso permitido e “pertence a um parente próximo e foi esquecida há vários anos no apartamento dele”.

Valdemar Costa Neto será ouvido por videoconferência, às 15h, na Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal. Na ocasião, é possível que um juiz auxiliar decida se mantém ou não a prisão do político. O material coletado na oitiva será encaminhado ao ministro Alexandre de Moraes, relator do caso.

 

 

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados