Home » Atuações do Brasil contra a Venezuela: Endrick e Mycael vão bem

Atuações do Brasil contra a Venezuela: Endrick e Mycael vão bem

por Jogada 10 - Galerias
0 Comente
atuacoes-do-brasil-contra-a-venezuela:-endrick-e-mycael-vao-bem
  • O Brasil enfrentou a Venezuela, nesta quinta-feira (8/2), pelo Pré-Olímpico. Veja como o Jogada10 avaliou a performance dos Canarinhos – Foto: Joilson Marconne/CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • MYCAEL (Athletico-PR) – Fez uma boa defesa no primeiro tempo, mas acabou mostrando insegurança em alguns momentos. Não teve culpa no gol e fez uma defesa maravilhosa no último lance, garantindo a vitória. – NOTA 7,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • KHELLVEN (CSKA/RUS) – Muito tímido e preocupado muito mais com a defesa. Ainda assim falhou no gol venezuelano. Na frente, apareceu em alguns momentos, com qualidade. NOTA 6,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • ARTHUR CHAVES (Vizeu/RUS) – Apesar de aparecer bem em vários lances perigosos, cometeu erros relevantes, incluindo o escorregão no gol venezuelano. NOTA 6,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • LUCAS FASSON (Lokomotiv/RUS) – Jogo bem inferior ao do companheiro de zaga Arthur Chaves. Tentou compensar com garra. Mas cometeu erros na marcação e antecipações. NOTA 5,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • ALEXSANDER (Fluminense) – Apoiou muito pouco, deu sorte ao não ser expulso no lance em que levou amarelo e foi melhor um pouco quando passou a jogar no meio de campo. NOTA 6,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • ANDREY (Chelsea/ING) – Um erro seu só não resultou em gol da Venezuela no primeiro tempo por causa da boa intervenção do goleiro Mycael. Apesar de ter melhorado um pouco na etapa final, é sombra do jogador que brilhou no Sul-Americano e no Vasco. NOTA 4,5 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • GABRIEL PIRANI (DC United/EUA) – Uma ou outra jogada criativa. Muito apagado na criação. Demorou para sair. NOTA 4,5 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • MAURÍCIO (Internacional) – Deu assistência para John Kennedy perder um gol no início do jogo e fez o primeiro gol do Brasil. Era um dos que se salvavam da apatia brasileira e foi inexplicavelmente substituído – NOTA 6,5 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • JOHN KENNEDY (Fluminense) – Apesar dos altos e baixos e de ter perdido duas grandes chances (uma em cada tempo) conseguia prender a marcação. Mas esteve abaixo da sua média. NOTA 5,5 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • ENDRICK (Palmeiras) – O mais lúcido do Brasil buscando sempre encontrar espaços e levar perigo ao gol venezuelano. Teve participação ativa nos dois gols do Brasil – NOTA 7,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • GABRIEL PEC (Vasco/Los Angeles Galaxy/EUA) – Bom trabalho no primeiro tempo. Era o jogador que melhor fazia a ligação do meio-ataque até ser sacado. NOTA 6,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • RIKELME – Entrou no lugar de Gabriel Pec aos 24 do segundo tempo. Foi para a lateral, o que fez Alexander voltar ao meio de campo. Fez uma partida discreta – NOTA 6,5 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • MARQUINHOS – Entrou no lugar de John Kennedy aos 34 do segundo tempo. Teve pouco tempo para aparecer – SEM NOTA – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • GUILHERME BIRO – Entrou no lugar de Mauricio aos 35 do segundo tempo. Teve estrela. Fez o gol da vitória improvável do Brasil aos 43- NOTA 7,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • BRUNO GOMES – Entrou aos 44 do segundo tempo no lugar de Gabriel Pirani para gastar o tempo – SEM NOTA – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • RONALD – Substituiu Alexander aos 44 do segundo tempo para gastar tempo – SEM NOTA – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • RAMON MENEZES – Mais uma vez, a Seleção mostrou muito pouco futebol coletivo. Os jogadores estão juntos há mais de um mês e parece que nunca treinaram. Além disso, Ramon fez alterações estranhas, embora tenha tido sorte: Biro entrou e fez o gol da vitória em lance fortuito. O técnico está fazendo hora extra no cargo – NOTA 3,0 – Foto: Divulgação / CBF

    Jogada 10 – Galerias

  • VENEZUELA – Fez um bom jogo, criou chances, teve gol anulado e poderia ter vencido. Mas a sorte sorriu para o lado brasileiro. Segovia, mais uma vez, foi o destaque. Bolívar, autor do gol, foi seu jogador mais perigoso. NOTA 6,0 – Foto: Joilson Marconne/CBF

    Jogada 10 – Galerias

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados