Home » Aviação executiva aquece com perspectiva de crescimento de mais de 100% nos próximos 5 anos | CNN Brasil

Aviação executiva aquece com perspectiva de crescimento de mais de 100% nos próximos 5 anos | CNN Brasil

por diegomendes
0 Comente
aviacao-executiva-aquece-com-perspectiva-de-crescimento-de-mais-de-100%-nos-proximos-5-anos-|-cnn-brasil

Impulsionado pelo Brasil, o setor de aviação está em expansão em toda a América Latina.

De acordo com um levantamento do Mordor Intelligence, o tamanho do mercado de jatos executivos da América Latina é estimado em mais de US$ 640 milhões em 2024 e deverá atingir US$ 1,31 bilhão até 2029, significando alta de 103% em cinco anos.

O Brasil é o maior detentor de jatos executivos em operação nessa região e o segundo maior mercado aéreo do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Na esteira desse mercado em expansão, acontece em São Roque, na rodovia Castelo Branco, a 3ª edição do Catarina Aviation Show, uma feira que reúne, em um só lugar, compradores, fabricantes e distribuidores de aeronaves.

Segundo Vinícius Vieira, manager do evento e executivo da NürnbergMesse Brasil, o encontro organizado é exclusivo para convidados, entre eles proprietários e usuários de aeronaves executivas, profissionais da aviação e gestores de frotas de aviões.

“As marcas trazem as pessoas que estão avaliando e que são potenciais compradores dos aviões. Essa é diferença do evento, pois é voltado para convidados que já estão inseridos nesse mercado de alta renda”, explicou Vieira.

O espaço conta com mais de 50 marcas expositoras de aviões executivos, além de exposição de iates e carros de luxo — itens que também chama a atenção do público da feira.

Bombardier, Revo e Embraer são algumas das marcas que estão participando da feira.

Vieira conta que, pela primeira vez, foi exposto no evento uma aeronave do modelo Gulfstream G-800. O avião tem capacidade de 14.816 km de alcance, oferecendo um voo confortável com sete assentos-cama.

“Logo na abertura essa aeronave foi vendida para uma corporação no valor de US$ 80 milhões. Essa é uma das únicas negociações que podemos abrir, porque as empresas não abrem a quantidade nem o valor dos negócios fechados devido às altas cifras que são fechadas”, explica Vieira.

Para se ter uma ideia da expansão do setor, a primeira edição, em 2022, foi realizada em 6 mil m² de hangar e contava com 20 expositores. A segunda edição, em 2023, foi realizada com o dobro de espaço, atingindo dois hangares, e já contando com mais de 30 expositores.

“Já a terceira edição, em 2024, o evento conta com três hangares e quase 60 marcas expositoras, além de uma área de alimentação ampliada”, aponta o manager da feira.

O piloto Felipe Massa falou com a CNN no evento / Divulgação

Além de executivos e empresários, várias personalidades também visitaram o local. O ex-piloto de Fórmula 1, Felipe Massa, esteve no local e ressaltou a importância do incentivo ao setor de aviação executiva.

“Eu sempre corri contra o tempo, tanto nas pistas quanto na vida pessoal. Às vezes preciso chegar no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos em meia hora e só da para chegar de helicóptero. Por isso também sou um amante da aviação, pois o trânsito de São Paulo acaba fazendo a gente perder vários compromissos. Fugir disso, só pelo ar”, disse Massa.

Além dessa parte praticidade que a aeronaves, Massa confessou que já arriscou pilotar aviões pequenos e helicóptero.

“No momento prefiro estar mais descansando do que pilotando um helicóptero ou avião, mas já pilotei bastante. A sensação que você tem pilotando, principalmente um helicóptero, é mais parecida do que se tem em um carro de Fórmula 1. É sensacional, muito divertido”, destaca o piloto.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados