Home » Brasil registra menor temperatura do ano com -7,2°C em Urupema, em Santa Catarina

Brasil registra menor temperatura do ano com -7,2°C em Urupema, em Santa Catarina

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
brasil-registra-menor-temperatura-do-ano-com-7,2°c-em-urupema,-em-santa-catarina

O Brasil atingiu a menor temperatura do ano neste domingo (30), com -7,2°C em Urupema, em Santa Catarina, informou o Climatempo.

⏲️ Uma estação de monitoramento da Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições do tempo no estado, registrou esta temperatura por volta das 6h.

???? No Morro das Antenas, o ponto mais alto da região, a sensação térmica foi de 20 graus negativos.

O município registrou geada, fenômeno que ocorre quando é formada uma camada de gelo nas superfícies por causa da intensa redução de temperatura quando a umidade do ar está elevada.

Outras cidades da região serrana catarinense também registraram temperaturas negativas, como São Joaquim (-5,6º), Urubici (-5,3º) e Fraiburgo (-3º).

➡️ O frio intenso era esperado para este domingo, após a chegada de uma frente fria no Centro-Sul do país.

A primeira frente fria do inverno quebra uma sequência de dias quentes que se instalou no país desde 5 de maio, principalmente na faixa central do Brasil.

Nesse período, a umidade relativa do ar se manteve muito baixa, com algumas regiões registrando índices abaixo de 20%.

Neste domingo, no Sul, a mínima é de 9º em Florianópolis, 2º em Curitiba e 4º em Porto Alegre, segundo previsão do Inmet.

Frio vai durar pouco
Apesar das baixas temperaturas deste domingo, o frio deve durar pouco no Centro-Sul do país. A partir de terça-feira (2), a frente fria avança para o oceano e as temperaturas voltam a esquentar.

De acordo com o meteorologista Cesar soares, apenas a região Sul está com uma condição de temperaturas mais baixas para o mês.

Sítio em Ciríaco, no Norte do RS, registrou -1ºC na madrugada de domingo — Foto: Juliano Simioni

Sítio em Ciríaco, no Norte do RS, registrou -1ºC na madrugada de domingo — Foto: Juliano Simioni

O inverno deste ano será de temperaturas acima da média e pouca chuva. De acordo com Soares, outra frente fria está prevista para o fim da segunda quinzena de julho, e outra, mais intensa, prevista na virada do mês para agosto.

Dois fatores são os principais responsáveis pelas temperaturas anormais e chuvas irregulares que devem ser registradas:

Persistência dos bloqueios atmosféricos, o que faz com que um número menor de massas de ar frio consiga avançar para o interior do país. A circulação desses sistemas pode trazer alguns extremos de calor, mesmo no inverno;
Águas aquecidas do Oceano Atlântico, que interferem na atmosfera, mudando os padrões esperados para um inverno com atuação do fenômeno La Niña – que em geral traz frentes frias mais fortes para o país.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados