Home » Erro em quadro Xerife do Consumidor faz Record pagar quase R$ 200 mil para funileiro

Erro em quadro Xerife do Consumidor faz Record pagar quase R$ 200 mil para funileiro

por NCTV
0 Comente

A Justiça de São Paulo condenou a Record a pagar o valor de R$ 170 mil como indenização ao proprietário de uma funilaria por conta de uma reportagem do quadro Xerife do Consumidor, apresentado pelo deputado estadual Jorge Wilson (Republicanos).

Em 2019, o apresentador entrou numa funilaria em Santana de Parnaíba (SP) e gravou uma denúncia. O estabelecimento teria ficado com valores pagos por um cliente sem ter realizado o serviço. O comércio ainda teria se apropriado de peças do consumidor e abandonado o veículo.

Durante a matéria, a equipe usou uma tarja sensacionalista: “Cuidado ao deixar seu veículo na oficina”. Depois da exibição da reportagem, o profissional de funilaria perdeu clientes e foi xingado de “pilantra” e “ladrão”.

 

Justiça descobre a verdade e condena a Record

Na apuração feita pela Justiça, o episódio do Xerife do Consumidor estava completamente errado na maneira que foi levado ao ar. Na verdade, o serviço foi paralisado, pois o cliente não pagou as parcelas combinadas.

Ficou provado ainda que o consumidor tinha entregado as peças para a oficina. O carro foi devolvido no mesmo endereço onde havia sido retirado. O dono da funilaria arcou com o custo do guincho.

Na sentença, a juíza Renata Couto da Costa alertou que a Record não se preocupou com a averiguação e a veracidade das acusações e expôs o funileiro de modo vexatório. Além dos R$ 170 mil da Record, o funileiro conseguiu indenização de R$ 30 mil do cliente que fez a denúncia.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados