Home » EUA vetam resolução na ONU pela 3ª vez desde início da guerra entre Israel e Hamas | CNN Brasil

EUA vetam resolução na ONU pela 3ª vez desde início da guerra entre Israel e Hamas | CNN Brasil

por Celio Galvao
0 Comente
eua-vetam-resolucao-na-onu-pela-3a-vez-desde-inicio-da-guerra-entre-israel-e-hamas-|-cnn-brasil

Os Estados Unidos vetaram novamente nesta terça-feira (20) uma proposta de resolução do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a guerra entre Israel e Hamas, bloqueando a exigência de um cessar-fogo humanitário imediato.

Treze membros do conselho votaram a favor do texto redigido pela Argélia, enquanto o Reino Unido se absteve. Esse foi o terceiro veto dos EUA desde o início dos combates, em 7 de outubro.

“Um voto a favor desse projeto de resolução é um apoio ao direito dos palestinos à vida. Por outro lado, votar contra implica um endosso à violência brutal e à punição coletiva infligida a eles”, disse o embaixador da Argélia na ONU, Amar Bendjama, ao conselho antes da votação.

A embaixadora dos EUA na ONU, Linda Thomas-Greenfield, havia sinalizado no sábado que o país vetaria o projeto de resolução devido à preocupação de que a decisão poderia prejudicar as negociações entre EUA, Egito, Israel e Catar, que buscam intermediar uma pausa na guerra e a libertação dos reféns mantidos pelo Hamas na Faixa de Gaza.

“Qualquer ação que este conselho tome neste momento deve ajudar, e não atrapalhar essas negociações sensíveis e contínuas. E acreditamos que a resolução que está sendo discutida agora teria, de fato, um impacto negativo sobre essas negociações”, disse Thomas-Greenfield ao conselho antes da votação.

“Exigir um cessar-fogo imediato e incondicional sem um acordo que exija que o Hamas liberte os reféns não trará uma paz duradoura. Em vez disso, isso poderia prolongar a luta entre o Hamas e Israel”, disse ela.

Desde então, os EUA propuseram um projeto de resolução pedindo um cessar-fogo temporário na guerra entre Israel e Hamas e se opondo a uma grande ofensiva terrestre de seu aliado Israel em Rafah, de acordo com o texto visto pela Reuters. A comissão disse que planeja dar tempo para as negociações e não se apressará em votar.

Até agora, Washington tinha sido avesso à palavra cessar-fogo em qualquer resolução da ONU sobre a guerra entre Israel e Hamas, mas o texto dos EUA ecoa a linguagem que o presidente Joe Biden disse ter usado na semana passada em conversas com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

O projeto de resolução dos EUA prevê que o Conselho de Segurança “enfatize seu apoio a um cessar-fogo temporário em Gaza assim que possível, com base na fórmula de libertação de todos os reféns, e pede o levantamento de todas as barreiras à prestação de assistência humanitária em escala.”

A resolução redigida pela Argélia e vetada pelos EUA não vinculava o cessar-fogo à libertação dos reféns. Ela exigia separadamente um cessar-fogo humanitário imediato e a libertação imediata e incondicional de todos os reféns.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados