Home » FBI libera documentos com acusações contra jornalista Patrícia Lélis

FBI libera documentos com acusações contra jornalista Patrícia Lélis

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
fbi-libera-documentos-com-acusacoes-contra-jornalista-patricia-lelis

Foragida há mais de 80 dias do FBI [Federal Bureau of Investigation], as acusações contra a jornalista Patrícia Lélis, 30 anos, somam 12 páginas, com o modus operandi, as intenções, o uso de dinheiro e até a cronologia para aplicar os supostos golpes. O Metrópoles teve acesso aos documentos usados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos para transformar a brasiliense em ré por fraude eletrônica, transações monetárias ilegais e roubo de identidade agravado.

O documento lista e-mails enviados por Lélis se passando por pessoas fictícias e até mesmo reais para ganhar confiança de imigrantes. A jornalista teria inventado a figura de Jeffrey Willardsen para se passar por um funcionário de investimento imobiliário do Texas, com o propósito de transmitir segurança à transação e obter dinheiro.

A investigação apurou trocas de e-mail desde 22 de setembro de 2021 até 30 de maio de 2023, com as transferências bancárias para Lélis. Ao todo, ela teria causado prejuízos de US$ 700 mil, o equivalente a R$ 3,4 milhões aos clientes.

Veja as mensagens:

Documento oficial

Documento oficial

Documento oficial

Documento oficial

Segundo a investigação americana, Lélis se passava por uma advogada especializada em imigração para conseguir vistos permanentes a brasileiros. Ela teria até mesmo falsificado um documento fundamental para que uma pessoa adquira propriedade no estado do Texas.

  • Kim Kataguiri quer convocar ministro para explicar sigilos de Lula
  • Justiça do RJ determina que Ronnie Lessa permaneça em presídio de segurança máxima

Falsificação

O documento também informa que Lélis teria usado o nome de um advogado conhecido no país, junto à assinatura e o carimbo dele. Em outro momento, ela também teria indicado um juiz da área de imigração autorizando que o processo de uma das vítimas seguisse. Ela ainda informa que peticionaria a ação na semana seguinte à conversa.

As investigações apontaram que Lélis agia em esquema para enriquecer e financiar o seu estilo de vida (lifestyle) às custas de investidores americanos. Ela teria usado o dinheiro dessas pessoas para dar entrada em sua casa no condado de Arlington, no estado da Virginia, além de reformar o banheiro e pagar as dívidas de cartão de crédito pessoal.

Ativa nas redes socias, Patrícia Lélis é foragida do FBI desde 12 de janeiro. Se condenada, pode pegar até 20 anos de prisão.

A última publicação de Patrícia nas redes sociais foi feita nessa quarta-feira (3/4), em que critica a acusação de que o filho de Lula teria cometido violência contra a ex-namorada, conforme noticiou o Metrópoles em primeira mão.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados