Home » Filho adotivo acusa Cid Moreira de estupro; abusos teriam começado aos 14 anos e duraram 10 anos

Filho adotivo acusa Cid Moreira de estupro; abusos teriam começado aos 14 anos e duraram 10 anos

por NCTV
0 Comente

A defesa de Roger, filho adotivo de Cid Moreira, afirma que o jornalista sequestrou o adolescente, de 14 anos, e o manteve refém para prática de estupro. ‘De outubro de 1990 a novembro de 2000, Cid praticou contra o jovem ato libidinoso com objetivo de satisfazer a própria lascívia, reiteradas vezes, com frequência de pelo menos quatro vezes por semana’, compartilhou o Portal Leo Dias.

Roger Moreira, filho adotivo do jornalista Cid Moreira, está acusando o pai de ter o estuprado enquanto criança. Segundo informações do colunista LeoDias, o rapaz relata que todos os abusos começaram aos 14 anos.

“Segundo Roger, de outubro de 1990 a novembro de 2000, no endereço situado no bairro Itanhangá no condomínio Green Wood Park, no Rio de Janeiro, Cid praticou contra o jovem ato libidinoso com objetivo de satisfazer a própria lascívia, reiteradas vezes, com frequência de pelo menos quatro vezes por semana, ao longo de 10 anos, portanto por volta de 1.920 ocasiões, em mesma condição de tempo, lugar, modo de execução”, disse o colunista em seu site.

Terra

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados