Home » Flávio Bolsonaro sobre Lula: “Deveria agradecer por Campos Neto”

Flávio Bolsonaro sobre Lula: “Deveria agradecer por Campos Neto”

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
flavio-bolsonaro-sobre-lula:-“deveria-agradecer-por-campos-neto”

Flávio Bolsonaro, sanador e filho mais velho do ex-presidente Jair Bolsonaro, rebateu às críticas feitas pelo presidente da República, na manhã desta terça-feira (18/6), contra Roberto Campos Neto, chefe do Banco Central (BC). Por meio das redes sociais, Flávio afirmou que “Lula deveria agradecer a Deus todos os dias por Campos Neto estar no BC”.

“Imagina se fosse o Haddad, baixando juros na canetada a mando de Lula? Inflação já teria explodido e os mais pobres passando fome”, escreveu na rede social X. “Senado não deixará Lula fazer loucura na sucessão de RCN [Roberto Campos Neto], pelo bem do Brasil.”

O breve pronunciamento ocorre após novas críticas de Lula ao titular do Banco Central, Roberto Campos Neto. Em entrevista à CBN, na manhã desta terça-feira (18/6), o petista afirmou que Campos Neto tem “lado político” que prejudica o país, em relação à taxa de juros.

  • “Mágico dos Carros” é preso após sumir com 200 veículos de clientes
  • Bancada evangélica topa flexibilizar parte polêmica do “PL do Abort0”
  • Governo Lula lança portal para “combater discurso de ódio”

Desde o início do governo, a briga por causa da política monetária do BC tem sido constante. Campos Neto se reuniu, na última semana, com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), aliado de Jair Bolsonaro (PL).

“Só temos uma coisa desajustada neste instante: é o comportamento do Banco Central. Um presidente que não demonstra capacidade de autonomia, tem lado político e que, na minha opinião, trabalha muita mais para prejudicar o país do que para ajudar o país”, afirmou o chefe do Executivo federal. E continuou: “Não tem explicação a taxa de juros do jeito que tá”.

As afirmações fortes do presidente acontecem no primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), que ocorrem entre esta terça-feira (18/6) e quarta-feira (19/6). É o grupo quem define a taxa de juros do país, que hoje é de 10,5%.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados