Home » Marcel van Hattem cita ‘Investigações clandestinas’ e chama Jorge Messias e Moraes de ‘covardes’

Marcel van Hattem cita ‘Investigações clandestinas’ e chama Jorge Messias e Moraes de ‘covardes’

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
marcel-van-hattem-cita-‘investigacoes-clandestinas’-e-chama-jorge-messias-e-moraes-de-‘covardes’

Na noite de terça-feira, 23, Marcel van Hattem, deputado federal pelo Novo-RS, usou a tribuna da Câmara dos Deputados para chamar os ministros Alexandre de Moraes e Jorge Messias de “covarde”. O político expressou críticas em relação ao encaminhamento de uma notícia de fato ao Supremo Tribunal Federal (STF), a qual sugere supostas ilegalidades no contexto do Twitter Files Brasil.

O deputado Van Hattem mencionou uma notícia compartilhada pelo Advogado-Geral da União, Jorge Messias, também nesta terça-feira. Messias afirmou que os documentos divulgados pelo jornalista americano Michael Shellenberger “parecem reproduzir trechos de conteúdos de decisões judiciais sigilosas proferidas pelo Poder Judiciário brasileiro, em especial da relatoria do ministro Alexandre de Moraes, tanto em sua atuação no STF como no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”.

“Minha fala aqui inicia-se dirigindo-me ao ministro da AGU, Jorge Messias”, disse van Hattem. “Ministro Jorge Messias, vossa excelência é um covarde. E aproveito, ministro Alexandre de Moraes, vossa excelência é um covarde.”

O parlamentar declarou que as reportagens jornalísticas não ameaçam o estado democrático de direito, mas sim desempenham o papel do jornalismo de expor “o que está às sombras do poder.” Ele afirmou que a informação enviada ao STF é apenas mais uma manifestação de “covardia” de Jorge Messias.

“É ir contra a liberdade de informação, de imprensa e de opinião. E que só demonstram a covardia de Alexandre de Moraes ao manter, não sob sigilo os inquéritos que conduz, as inquisições, corrijo-me, que conduz. Não, ele as mantém na clandestinidade”, declarou Marcel van Hattem.

  • Após atritos, Congresso se reúne nesta quarta para votar vetos de Lula
  • INSS começa a pagar 13º salário nesta quarta-feira (24); veja quem recebe

‘Investigações clandestinas’

Na tribuna, Marcel van Hattem declarou que o ministro Alexandre de Moraes “investiga na clandestinidade” deputados federais e brasileiros, os quais tampouco têm “acesso aos autos.”

“Não nos permitem sequer, defesa, com a habilitação de advogados”, falou. “E quando um jornalista como Michael Shellenberger faz um trabalho em favor da democracia, em defesa da liberdade de expressão e de imprensa, Jorge Messias serve ao regime de tirania do STF de uma forma vergonhosa.”

O parlamentar afirmou que Messias, enquanto “sob o cargo de ministro do AGU”, está tentando aplicar um “golpe”, ao afirmar que descobriu no Twitter Filles Brasil “um cenário no qual se percebe uma tentativa de se desestabilizar o estado democrático instituído pela Constituição, a partir da publicação de documentos de cunho sigilosos.”

“O golpe é manter tudo em sigilo para que não venha a luz. O golpe é manter tudo na clandestinidade para que aqueles que são investigados nessa inquisição não possam se defender. Não possam falar sobre o processo e expor depois de 5 anos de inquisição o que está acontecendo nos porões do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral”, destacou.

Marcel van Hattem ainda disse que os ministros Moraes e Messias são “covardes que atacam nas sombras” e que irão “pagar caro pela covardia que estão fazendo, não apenas contra parlamentares, mas contra milhares de brasileiros.” As informações são da Revista Oeste.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados