Home » Margem Equatorial: Brasil está otimista com a expansão da plataforma continental | CNN Brasil

Margem Equatorial: Brasil está otimista com a expansão da plataforma continental | CNN Brasil

por gabrielbosa
0 Comente
margem-equatorial:-brasil-esta-otimista-com-a-expansao-da-plataforma-continental-|-cnn-brasil

Autoridades brasileiras estão otimistas em relação à reivindicação do Brasil para expandir a plataforma continental.

O Brasil reivindica, na Comissão de Limites da Plataforma Continental (CLPC), a expansão da plataforma continental para estabelecer a Zona Econômica Exclusiva além das 200 milhas náuticas autorizadas pelas autoridades internacionais.

Isso daria direito ao país de explorar os recursos e potenciais riquezas presentes no subsolo marinho.

A CLPC é um organismo internacional criado sob a égide da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar para auxiliar os estados costeiros no estabelecimento dos limites exteriores de suas plataformas continentais.

Sua função principal é examinar e decidir sobre as reivindicações dos países costeiros para expandir suas áreas de soberania.

O Brasil, por meio do Plano de Levantamento da Plataforma Continental Brasileira (LEPLAC), tenta reivindicar a expansão de sua plataforma continental junto à Comissão.

Na proposta do Brasil, a margem continental brasileira foi dividida em três áreas distintas: Região Sul, Margem Equatorial e Margem Oriental/Meridional.

Em março de 2019, a CLPC aprovou a reivindicação brasileira para a região sul.

Atualmente, a Comissão analisa a proposta relacionada à margem Equatorial. Segundo fontes ouvidas pela CNN, a proposta brasileira deve ser aceita em 2024, iniciando-se, em 2025, a análise da margem Oriental.

O interesse brasileiro está, principalmente, na exploração de petróleo na margem Equatorial. Até o momento a Petrobras já perfurou mais de 700 poços na região. O plano estratégico 2024-2028 da Petrobras prevê um investimento de US$ 3,1 bilhões na região e a perfuração de 16 poços.

Segundo a Petrobras, as recentes descobertas feitas por Guiana e Suriname tornam a região ainda mais interessante. Em 2023, o PIB da Guiana cresceu 38%, tendo como base a exploração de petróleo na margem Equatorial.

O comandante da Marinha, almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, irá a Nova York em julho para participar de reuniões da CLPC. Segundo fontes, a ida do comandante tem como objetivo demonstrar o grande interesse brasileiro no reconhecimento da reivindicação do Brasil.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados