Home » PEC da autonomia financeira do BC está à parte de briga entre Lula e Campos Neto, diz relator à CNN | CNN Brasil

PEC da autonomia financeira do BC está à parte de briga entre Lula e Campos Neto, diz relator à CNN | CNN Brasil

por guilhermeniero
0 Comente
pec-da-autonomia-financeira-do-bc-esta-a-parte-de-briga-entre-lula-e-campos-neto,-diz-relator-a-cnn-|-cnn-brasil

Relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que dá autonomia financeira ao Banco Central (BC), o senador Plínio Valério (PSDB-AM) afirmou à CNN que o conteúdo de seu texto está à parte de divergências entre o presidente Lula e o chefe da autoridade monetária, Roberto Campos Neto.

“Fiz um relatório à parte de qualquer briga entre Lula e Roberto Campos. Meu objetivo foi fazer um texto bom para a República”, disse.

O centro da proposta é desvincular o orçamento do Banco Central dos repasses da União, transformando a autarquia em uma empresa pública.

Dessa forma, o BC passaria a utilizar as próprias receitas para seu funcionamento, com capacidade para elaborar, aprovar e executar seu próprio orçamento, sem vínculo com o governo.

O relatório do senador trouxe acenos àqueles que resistem à proposta, especialmente governistas e servidores do BC.

Pelo texto, o Banco terá de se submeter a metas do Conselho Monetário Nacional (CMN) — e não ao Congresso Nacional, como previa trecho do texto original que foi rejeitado pelo governo.

Para os servidores no regime CLT, o relator assegurou estabilidade nos cargos, com a redação de que “somente poderão ser demitidos em virtude de sentença judicial transitada em julgado ou em caso de cometimento de falta grave”.

O texto indica ter como objetivo a manutenção dos direitos adquiridos pelos quadros.

Além disso, o senador diz que contrariou demandas de quadros que defendem a autonomia financeira — como técnicos do próprio BC — ao estabelecer que os gastos da autoridade monetária com pessoal e encargos sociais serão limitados à cifra paga no ano anterior corrigida pela inflação.

O texto tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado atualmente, e a conta de Plínio Valério é de que, considerando o grupo de parlamentares que é abertamente favorável à autonomia, se somam cerca de doze votos — número próximo aos quatorze necessários.

Existe uma promessa do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (União-AP), de pautar o assunto, e a tendência é de que isso ocorra na próxima quarta-feira (3). Para o relator, a Comissão será a “parada mais dura” para aprovação da autonomia no Senado.

Concessões e diálogo

Desde a última semana os parlamentares da situação aceleraram as movimentações para barrar o avanço do projeto na CCJ. Em audiência no último dia 18 na Comissão, o líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA) e o senador Renan Calheiros (MDB-AL) marcaram posição contrária à medida.

Plínio Valério afirma que recebeu sinalizações de que governistas poderiam discutir os termos da PEC e disse que está aberto a emendas de parlamentares a sua proposta.

“Acho que virão emendas, sim. Se o governo mandasse emendas, eu cederia em algo que não quebrasse a coluna vertebral da PEC”, disse.

Senadores da situação teriam dito ao relator que o maior temor do governo é a criação de uma “casca” entre os servidores, ou seja de que o Banco Central poderia encher os bolsos de seus servidores e assim capturá-los.

Segundo Plínio Valério, a limitação da correção dos gastos com pessoal à inflação resolve a questão.

“Se o relatório não satisfazer grande parte, é porque pensaram com o fígado”, disse.

Na direção contrária, quando apresentaram as mudanças implementadas à proposta ao Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), defensores da proposta encontraram menos espaço para conciliação.

Autor da PEC que deu a autonomia operacional, o tucano acredita que a nova proposta vai complementar a estabilidade institucional do BC, mas afirma que “não fará lobby” para que a proposta caminhe na Casa Alta.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados