Home » PF revela por que perguntou se Jair Bolsonaro é “cis”

PF revela por que perguntou se Jair Bolsonaro é “cis”

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
pf-revela-por-que-perguntou-se-jair-bolsonaro-e-“cis”

A Polícia Federal (PF) explicou o motivo de o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) precisar responder se ele é uma pessoa “cis”. A pergunta foi feita durante interrogatório sobre um suposto planejamento de golpe de Estado, no último dia 22 de fevereiro.

Na ocasião, o ex-chefe do Executivo respondeu que não sabia o que significava o termo, que se refere à designação “cisgênero”

No vocabulário do ativismo LGBTQ+, uma pessoas “cisgênero” é aquela que se identifica com o sexo biológico. O contrário disso seria uma pessoa “transgênero”.

O questionamento sobre a identidade de gênero passou a ser incluído nos formulários da corporação em setembro do ano passado, quando foi publicada uma resolução do Ministério dos Direitos Humanos. A pergunta integra a fase de “qualificação” do depoente

  • Jornalista Claudio Tognolli morre aos 60 anos em São Paulo
  • Pedidos de demissão batem recorde no Brasil
  • PCO monta palanque para chefe do Hamas

– A identificação da pessoa a ser ouvida pela Polícia Federal é básica em qualquer procedimento da Administração Pública, inclusive o inquérito policial ou o processo penal. O Código de Processo Penal traz várias passagens com referência à qualificação das pessoas envolvidas nesses procedimentos – explicou a PF, em nota ao site Metrópoles.

– A inclusão da identidade de gênero em nossos formulários tem fundamento no Decreto nº 8.727, de 28 de abril de 2016, e na Resolução nº 1, de 19 de setembro de 2023, do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, e decorreu de estudo havido juntamente com o Ministério Público Federal em grupo interinstitucional – continuou a corporação.

O Decreto nº 8.727 regulamenta “o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis ou transexuais no âmbito da administração pública federal direta, autárquica e fundacional”.

Expressões pejorativas contra pessoas travestis ou transexuais também são proibidas pelo mesmo decreto. A Resolução nº 1 do Ministério dos Direitos Humanos, estabelece inclusão das expressões “orientação sexual”, “identidade de gênero”, “intersexo” e “nome social” nos boletins de ocorrência emitidos pelas autoridades policiais. Isto vale para todas as unidades da Federação brasileira.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados