Home » Prefeitura de SP nega morte por dengue e investiga erro de notificação

Prefeitura de SP nega morte por dengue e investiga erro de notificação

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
prefeitura-de-sp-nega-morte-por-dengue-e-investiga-erro-de-notificacao

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo negou que a capital paulista tenha uma morte confirmada por dengue e vai investigar por que o registro de uma vítima na cidade apareceu no sistema da Secretaria Estadual da Saúde, na manhã desta quinta-feira (8/2).

Segundo o secretário municipal de Saúde Luiz Carlos Zamarco, a morte não foi confirmada porque ainda está em investigação pelo Instituto Adolfo Lutz, que faz a análise dos casos suspeitos.

“Estamos tentando falar com o estado sobre essa notificação que subiu automaticamente no sistema deles para entender o que aconteceu”, afirmou o secretário.

A confirmação de um óbito pela doença apareceu no painel de monitoramento do governo estadual na manhã desta quinta e continuava no sistema até a publicação desta reportagem.

O painel foi lançado pela gestão Tarcísio de Freitas (Republicanos) na última terça-feira (6/2) e é abastecido com informações enviadas pelas prefeituras dos municípios.

Além da suposta morte na capital paulista, o sistema aponta também outros cinco óbitos. Segundo a gestão estadual, as demais vítimas teriam sido infectadas nas cidades de Pindamonhangaba (2), Bebedouro (1), Guarulhos (1) e Bauru (1).

Apesar de não terem enviado as notificações ao sistema do estado, as prefeituras de Dois Córregos, Taubaté e Jacareí afirmam que também registraram mortes pela doença. Em Bebedouro, a gestão municipal diz ter contabilizado duas mortes, uma a mais do que o notificado até o momento.

Somadas as mortes do painel da secretaria de Saúde e as anunciadas pelas prefeituras separadamente, o estado teria neste momento 10 registros de óbitos pela doença. Sem a capital, o número cairia para 9 mortes.

Sintomas da dengue

Os sintomas da dengue podem variar de leves a graves e geralmente aparecem de 4 a 10 dias após a picada do mosquito infectado. As manifestações clínicas incluem:

  • Febre alta: a temperatura corporal pode atingir valores significativamente elevados, geralmente acompanhada de calafrios e sudorese intensa;
  • Dor de cabeça intensa: a dor é geralmente localizada na região frontal, podendo se estender para os olhos;
  • Dores musculares e nas articulações: sensação de desconforto e dor, muitas vezes referida como “quebra ossos”;
  • Náuseas e vômitos: podem ocorrer, contribuindo para a desidratação;
  • Manchas vermelhas na pele: conhecidas como petéquias, essas manchas podem aparecer em diferentes partes do corpo;
  • Fadiga: uma sensação geral de fraqueza e cansaço persistente.

Tratamento

O tratamento da dengue visa aliviar os sintomas e garantir a recuperação do paciente. Algumas medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde incluem:

  • Hidratação adequada: a ingestão de líquidos é fundamental para prevenir a desidratação, especialmente durante os períodos de febre e vômitos;
  • Uso de analgésicos e antitérmicos: medicamentos como paracetamol podem ser utilizados para reduzir a febre e aliviar as dores;
  • Repouso: descanso é essencial para permitir que o corpo combata o vírus de maneira mais eficaz;
  • Acompanhamento médico: em casos mais graves, é crucial procurar assistência médica para monitoramento e tratamento adequado;
  • Evitar automedicação: o uso indiscriminado de alguns medicamentos, como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e aspirina, pode agravar o quadro clínico, sendo contraindicado na dengue.

Prevenção da dengue

Além do tratamento, a prevenção da dengue é crucial. Medidas como eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, uso de repelentes, telas em janelas e portas, além da conscientização da população sobre a importância dessas práticas, são enfatizadas pelo Ministério da Saúde.

 

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados