Home » Presídios federais em alerta: suspensão de atividades e reforço na segurança após fuga no RN

Presídios federais em alerta: suspensão de atividades e reforço na segurança após fuga no RN

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
presidios-federais-em-alerta:-suspensao-de-atividades-e-reforco-na-seguranca-apos-fuga-no-rn

Após dois presos fugirem da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, na quarta-feira (14/2), a Secretaria Nacional de Políticas Penais determinou a suspensão de banhos de sol dos detentos, das visitas sociais e de advogados, além de atividades de assistência educacional, laboral ou religiosa nas cinco unidades prisionais de segurança máxima do Brasil. A medida foi determinada por portaria publicada nesta quarta-feira (14/2), que o Correio teve acesso.

  • Declaração de Lula sobre Israel gera repercussão internacional
  • Projeto obriga vendedor a destacar taxa de pagamento à vista ou a prazo

Além de Mossoró, o Brasil tem mais quatro presídios de segurança máxima em Brasília, Campo Grande, Catanduvas (SC) e Porto Velho. A fuga de Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento foi a primeira registrada em presídios federais e acendeu um alerta por ter ocorrido em uma unidade de segurança máxima.

  • Siga o canal “AGORA NOTÍCIAS BRASIL” no WhatsApp

Após a fuga inédita do Sistema Penitenciário Federal, o ministro da Justiça e Segurança Pública Ricardo Lewandowski afastou a direção da Penitenciária Federal em Mossoró e escalou um interventor para comandar a gestão da unidade. O ministro também determinou a ida do secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia, a Mossoró, acompanhado de uma equipe de seis servidores, para a apuração presencial dos fatos e a tomada das ações cabíveis no âmbito administrativo.

Além disso, Lewandowski acionou a direção-geral da Polícia Federal para a abertura de investigações e o deslocamento de uma equipe de peritos ao local, com o intuito de apurar responsabilidades e de atuar na recaptura dos dois fugitivos. A ação já conta com o engajamento de mais de 100 agentes federais.

Os presídios de segurança máxima possuem métodos de vigilância rigorosos. As visitas aos presos são monitoradas e todas as vezes que o detento deixa o dormitório é realizado procedimento de revista nele e na cela. Além disso, também há o impedimento da entrada de itens proibidos ou entregues por terceiros, como alimentação e vestuário.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados