Home » Quem é Helcius, filho de Ivo Pitanguy investigado pela Polícia Civil

Quem é Helcius, filho de Ivo Pitanguy investigado pela Polícia Civil

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
quem-e-helcius,-filho-de-ivo-pitanguy-investigado-pela-policia-civil

Helcius, filho do renomado cirurgião Ivo Pitanguy, virou notícia nos últimos dias após ser denunciado por abandonar uma psicóloga à deriva em Angra dos Reis. Aos 62 anos, o filho do médico tem poucas informações nas redes sociais, inclusive a profissional.

No LinkedIn, Helcius Pitanguy conta ser formado em Direito pela Universidade Candido Mendes e afirma falar três idiomas — inglês, italiano e francês —, além do português.

Ele é um dos 4 filhos de Ivo Pitanguy e, ao lado dos irmãos Ivo, Gisela e Bernardo, entrou na disputa judicial para utilizar o nome que o pai construiu ao longo de sua carreira na medicina.

A conta de Helcius Pitanguy no Instagram é privada, tem apenas 698 seguidores e nenhuma publicação. A família ainda é dona da Ilha dos Porcos, em Angra dos Reis, que é a maior ilha privada da região, com píer, pista de pouso e 800 mil metros quadrados. Foi no local, inclusive, que teriam acontecido os fatos que geraram a denúncia contra ele.

Polícia Civil revela como estão as investigações
A Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Angra dos Reis está investigando a denúncia de que a psicóloga Cristiane Correa Santa Catarina foi deixada à deriva por Helcius Pitanguy, herdeiro do renomado cirurgião Ivo Pitanguy. A Polícia Civil, através de nota enviada nesta terça-feira (18/6), revelou alguns detalhes dos trabalhos dos agentes.

“O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Angra dos Reis. Testemunhas estão sendo ouvidas e outras diligências estão em andamento para esclarecer os fatos”, afirmou a corporação, através de nota.

  • Militares representam mais da metade dos gastos da Previdência no funcionalismo público
  • Bolsonaro é ovacionado por apoiadores ao ser recebido no interior de Goiás; VEJA VÍDEO 
  • Portal dos EUA repercute Prisão de Filipe Martins

“Os amigos o toleram”, afirma vítima
Após ser largada à deriva em uma ilha de Angra dos Reis, Cristiane Correa Santa Catarina revelou detalhes da amizade que tinha com Helcius Pitanguy, herdeiro do renomado cirurgião Ivo Pitanguy. Em um bate-papo com o jornal O Globo, a psicóloga relatou que o temperamento do então amigo sempre foi difícil.

“Somos amigos há 12 anos, só que ele é um sujeito de trato difícil, portanto, nesses 12 anos têm brechas de 5 anos sem vê-lo. Ele é assim, os amigos o toleram. Já estava acostumada com ele me corrigindo na frente das pessoas, dizendo que como uma psicóloga eu falo errado, já me chamou de biruta e cafona, mas nunca tinha sido dessa maneira”, afirmou ela.

E continuou seu desabafo: “A agressividade dele começa quando alguém diz não para ele, quando bebe ou quando ele não se sente o rei das atenções. Ele é muito ofensivo, mas se comporta como um ‘queridão’ entre os amigos até a página que o convém. Parece ter dupla personalidade, mas nunca vi nenhuma violência física”, declarou.

O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Angra dos Reis. A coluna entrou em contato com a Polícia Civil para obter informações, mas ainda não recebeu um retorno.

Entenda o caso
A psicóloga Cristiane Correa Santa Catarina, de 53 anos, registrou um inusitado boletim de ocorrência contra Helcius Pitanguy, herdeiro do famoso cirurgião Ivo Pitanguy. Ela disse que, no último sábado (15/6), tentou sair da ilha do ricaço, em Angra dos Reis (RJ), após brigar com ele, mas acabou ficando à deriva sobre uma prancha stand-up.

Segundo Cristiane, Helcius a buscou em casa, na Barra da Tijuca, ainda na sexta-feira (14/6). Ela foi à ilha privativa da família, a Ilha dos Porcos, onde se reuniu com um grupo de amigas.

Na versão da psicóloga, depois que as amigas foram embora, o herdeiro teria proferido palavras de baixo calão contra ela, como “puta virgem”, durante uma refeição.

Decidida a ir embora, e sem a ajuda de supostos marinheiros de Pitanguy, Cristiane teria entrado no mar com uma prancha de stand-up e um remo. Um dos marinheiros teria tentado resgatá-la com uma lancha.

No entanto, Cristiane diz que pulou de volta no mar ao perceber que a lancha voltaria para a Ilha dos Porcos, a mando de Helcius.

Perdida no mar
Ainda no boletim de ocorrência, Cristiane relata que remou por cerca de uma hora e tentou chegar à Ilha Roberto Marinho, mas teria sido impedida por um homem ríspido, que portava uma lanterna.

“Começou a gritar pedindo ajuda, os cachorros latiram e veio um marinheiro que, com rispidez e lanterna focada em seu rosto, pediu que ela saísse e voltasse para Ilha do Pitanguy, onde seria resgatada”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Por fim, Cristiane foi resgatada e levada ao posto dos pescadores. Ela foi colocada em um carro de aplicativo e recebeu uma transferência, via Pix, de R$ 400 para pagar a viagem. Isso tudo segundo a versão dela mesma para a polícia.

A psicóloga disse que tem uma amizade de cerca de 12 anos de Helcius Pitanguy, mas que nunca tinha sido tão maltratada. Ela representou criminalmente contra ele por injúria. O caso é investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados