Home » Rússia veta resolução dos EUA na ONU contra implementação de armas nucleares no espaço | CNN Brasil

Rússia veta resolução dos EUA na ONU contra implementação de armas nucleares no espaço | CNN Brasil

por tiagotortella
0 Comente
russia-veta-resolucao-dos-eua-na-onu-contra-implementacao-de-armas-nucleares-no-espaco-|-cnn-brasil

A Rússia vetou nesta quarta-feira (24) uma resolução do Conselho de Segurança das ONU elaborada pelos Estados Unidos que pedia aos países para evitarem uma corrida armamentista no espaço sideral.

“É uma resolução que parece uma piada”, destacou o embaixador russo na ONU, Vassily Nebenzia, a repórteres antes da votação.

A análise do texto ocorre depois de Washington acusou a Rússia de desenvolver uma arma nuclear anti-satélite baseada no espaço, uma alegação que o governo russo negou.

Falando antes da votação, funcionários do governo americano se recusaram a compartilhar detalhes de inteligência que possuíam para apoiar a acusação.

Robert Wood, vice-embaixador dos EUA, disse que se a Rússia não votasse a favor da resolução “isso nos faria pensar se eles estão escondendo alguma coisa”.

O projeto de resolução do Conselho de Segurança foi submetido a votação pelos Estados Unidos e pelo Japão após quase seis semanas de negociações. O text recebeu 13 votos a favor, enquanto a China se absteve e a Rússia vetou.

O presidente Vladimir Putin afirmou no início deste ano que a Rússia era contra a implantação de armas nucleares no espaço.

“Nossa posição é clara e transparente: sempre fomos categoricamente contra e agora somos contra a implantação de armas nucleares no espaço”, destacou.

O texto na ONU pontuava a obrigação de cumprir o Tratado do Espaço Sideral e pedia aos Estados “para contribuírem ativamente para o objectivo da utilização pacífica do espaço sideral e da prevenção de uma corrida armamentista no espaço”.

O Tratado do Espaço Sideral, de 1967, proíbe os signatários, incluindo a Rússia e os Estados Unidos, de colocar “em órbita ao redor da Terra quaisquer objetos que transportem armas nucleares ou quaisquer outros tipos de armas de destruição em massa”.

Autoridades de inteligência dos EUA, de acordo com três pessoas familiarizadas com as descobertas, acreditam que a Rússia teria capacidade para uma bomba nuclear baseada no espaço cuja radiação eletromagnética, se detonada, desativaria vastas redes de satélites.

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby, ressaltou que a Rússia ainda não implantou uma arma do tipo.

Os governos têm visto cada vez mais os satélites na órbita da Terra como activos cruciais que permitem uma série de capacidades militares na Terra, com as comunicações baseadas no espaço e os drones ligados por satélite na guerra na Ucrânia servindo como exemplos recentes do papel descomunal do espaço na guerra moderna.

A Rússia invadiu a vizinha Ucrânia em fevereiro de 2022.

O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Ryabkov, disse no início deste mês que Moscou e Washington estavam em contato sobre a não implantação de armas nucleares no espaço, segundo a agência de notícias TASS, citando-o.

“Estamos em contato porque eles rejeitaram novas discussões sobre o tema”, disse um alto funcionário do governo dos EUA, falando sob condição de anonimato. “Não sei se ele está se referindo a outra coisa, mas esse foi o nível de contato que tivemos sobre esse assunto”.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados