Home » Sleeping Giants Brasil recebeu mais de R$ 2,4 milhões de ONGs

Sleeping Giants Brasil recebeu mais de R$ 2,4 milhões de ONGs

por NCTV
0 Comente

O Sleeping Giants Brasil (SGB), um grupo ativista digital conhecido por suas campanhas de desmonetização de anúncios em veículos de comunicação, recebeu um financiamento significativo de duas importantes fundações internacionais. De acordo com balanços publicados nos sites da Ford Foundation e da Open Society Foundation (OSF), controlada pelo bilionário George Soros, o SGB obteve mais de R$ 2,4 milhões em 2022 e 2023.

A OSF, ativa em diversos países e conhecida por financiar organizações não governamentais (ONGs) e pautas progressistas, contribuiu com US$ 600 mil (aproximadamente R$ 2 milhões) para o SGB. A fundação descreve o financiamento como uma “bolsa” voltada para a construção de “democracias vibrantes”, segundo informações do próprio site da OSF. Estas bolsas são destinadas tanto a organizações quanto a indivíduos que se alinhem com as diretrizes do programa.

Por outro lado, a Ford Foundation reportou um apoio de US$ 100 mil (cerca de R$ 490 mil) ao Sleeping Giants em 2023, focado no combate à desinformação, notícias falsas e discurso de ódio em plataformas digitais.

Apesar de se declarar apartidário, o SGB tem sido criticado por seu viés político, principalmente após suas ações contra veículos como a Jovem Pan. Recentemente, a emissora venceu uma disputa legal contra o grupo, resultando na condenação do SGB por difamação. O grupo foi responsável por uma campanha que levou mais de 60 empresas a cancelarem contratos com a Jovem Pan.

A postura do SGB também foi questionada em relação ao silêncio sobre o caso da Mynd8, envolvida em polêmicas de difamação que levaram ao suicídio de Jéssica Canedo. Influenciadores da Mynd8, muitos apoiadores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foram associados ao caso.

Mayara Stelle, co-fundadora do SGB, marcou presença em um evento do STF, onde discutiu o combate à desinformação e defesa da democracia. Sua participação, em um painel liderado pelo ministro Alexandre de Moraes, incluiu a defesa de ameaças a empresas e críticas à “liberdade na internet”.

Curiosamente, três meses antes desse evento, Moraes arquivou um inquérito da Polícia Civil de São Paulo que investigava o Sleeping Giants Brasil por possível difamação contra a Jovem Pan, contrariando a Procuradoria-Geral da República. Este desdobramento levanta questões sobre a influência e o alcance político do SGB no cenário nacional.

Hora Brasília

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados