Home » Tolerância zero para o Crime: Tarcísio demite delegado condenado por conluio com Juiz

Tolerância zero para o Crime: Tarcísio demite delegado condenado por conluio com Juiz

por Agora Noticias Brasil
0 Comente
tolerancia-zero-para-o-crime:-tarcisio-demite-delegado-condenado-por-conluio-com-juiz

Governador de São Paulo demite delegado condenado por conluio com juiz corrupto

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, tomou uma decisão firme ao oficializar a destituição do delegado da Polícia Civil paulista, Edson Navarro Miranda. Essa ação veio à tona após a revelação de que Miranda estava envolvido em uma aliança ilícita com o juiz Hedy Carlos Soares, de Rondônia.

O grupo liderado pelo magistrado enfrentou acusações graves, incluindo extorsão, evasão fiscal, lavagem de dinheiro e falsificação documental. Miranda foi preso em 2022, juntamente com outros membros desse esquema criminoso.

As informações sobre a operação criminosa vieram à tona através do relato de um administrador de fazenda ligado a Hedy Carlos. Ele detalhou como Miranda, junto com o policial Claudinei Aparecido Ribeiro, ajudou o juiz na coação para o pagamento de uma dívida fictícia de R$ 3 milhões. O trio obrigou o funcionário a assinar uma procuração em favor de um preposto do juiz, garantindo controle total sobre os bens da vítima.

  • Pacheco e base de Lula no Senado barram pressão por anistia
  • AGU quer “implodir” PEC articulada por Campos Neto

O processo legal desencadeado no tribunal de Rondônia descreveu como o funcionário foi constrangido e ameaçado, com Hedy utilizando-se de sua posição e a presença intimidadora dos policiais armados para extorquir bens valiosos.

A situação se agravou quando Hedy Carlos foi detido tentando viajar para os Estados Unidos em agosto de 2022, embora tenha sido liberado em abril de 2023 pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Posteriormente, em agosto de 2023, ele foi compulsoriamente aposentado pelo judiciário.

Miranda e Ribeiro receberam sentenças de 12 anos e cinco meses de reclusão em regime inicial fechado em outubro passado. Seguindo a decisão judicial de Rondônia, a exoneração de Edson Navarro Miranda foi efetivada por Tarcísio de Freitas nesta segunda-feira (4), culminando no encerramento de suas funções como delegado.

O caso levanta questões sobre a integridade do sistema judicial e policial e destaca a importância de medidas rigorosas contra a corrupção e o abuso de poder. A ação rápida do governador Tarcísio de Freitas envia uma mensagem clara de que indivíduos envolvidos em práticas criminosas não serão tolerados dentro das instituições públicas do estado de São Paulo.

Este episódio também destaca a importância da vigilância e do combate à corrupção em todos os níveis do governo e do judiciário. A sociedade espera e exige transparência, responsabilidade e justiça em todas as esferas do poder público, e a exoneração de Miranda é um passo importante nessa direção.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados