Home » Trump será julgado em 25 de março por pagamento ilegal a estrela pornô | CNN Brasil

Trump será julgado em 25 de março por pagamento ilegal a estrela pornô | CNN Brasil

por marianacatacci
0 Comente
trump-sera-julgado-em-25-de-marco-por-pagamento-ilegal-a-estrela-porno-|-cnn-brasil

Um juiz de Nova York negou nesta quinta-feira (15) o pedido de Donald Trump para rejeitar as acusações criminais decorrentes do pagamento de propina a uma estrela pornô, abrindo caminho para o primeiro julgamento criminal de um ex-presidente dos Estados Unidos.

O juiz Juan Merchan marcou a data do julgamento para 25 de março, um dos quatro processos criminais que Trump enfrenta enquanto busca a indicação republicana para desafiar o presidente Joe Biden na eleição de 5 de novembro.

Trump, de 77 anos, havia pedido a Merchan para arquivar o indiciamento de 34 acusações, que o acusa de falsificar registros comerciais para encobrir o pagamento ilegal de 130.000 dólares à estrela pornô Stormy Daniels antes da eleição de 2016.

Mas Merchan levou menos de 10 minutos para negar seu pedido e confirmar a data de início do julgamento em 25 de março.

Antes da audiência, Trump repetiu suas alegações de que o caso tem motivação política.

“Eles não teriam apresentado isso se não fosse pelo fato, de jeito nenhum, se não fosse pelo fato de eu estar concorrendo à Presidência e indo bem”, disse Trump em um corredor fora da sala do tribunal.

O julgamento está marcado para começar antes dos outros três processos criminais que Trump enfrenta.

Trump está muito próximo de conquistar a indicação presidencial republicana. Ele venceu as quatro primeiras disputas e as pesquisas de opinião o mostram com uma ampla vantagem sobre sua única adversária, Nikki Haley.

Trump tem usado suas frequentes idas ao tribunal para ajudar a arrecadar dinheiro para sua campanha presidencial, embora a estratégia esteja tendo um retorno cada vez menor depois de ter arrecadado milhões em suas primeiras aparições no ano passado.

Ele se declarou inocente das acusações feitas pelo procurador distrital de Manhattan, o democrata Alvin Bragg.

Os calendários político e jurídico de Trump estão se sobrepondo cada vez mais antes de sua esperada revanche com Biden, que o derrotou na eleição de 2020.

Trump também enfrenta acusações federais em Washington e estaduais na Geórgia por seus esforços para anular sua derrota eleitoral, além de ter sido indiciado na Flórida por sua manipulação de documentos confidenciais. Trump se declarou inocente em todos os casos.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados