Home » USP bate recorde de alunos oriundos do ensino público | CNN Brasil

USP bate recorde de alunos oriundos do ensino público | CNN Brasil

por RIGUE
0 Comente
usp-bate-recorde-de-alunos-oriundos-do-ensino-publico-|-cnn-brasil

A Universidade de São Paulo (USP) alcançou um novo recorde de inclusão social em 2024. Mais da metade dos calouros ingressaram na instituição por meio de escolas públicas, representando um total de 55,4% das vagas preenchidas. Esse índice demonstra um crescimento em relação ao ano anterior, quando 54,1% dos ingressantes eram provenientes do ensino público.

As diversas iniciativas da USP para ampliar a representatividade social

Entre as medidas implementadas estão a reserva de vagas para estudantes de escolas públicas e pretos, pardos e indígenas (PPI), além da criação do Provão Paulista, um exame específico para alunos de escolas públicas do estado de São Paulo.

No vestibular 2024, a USP ofereceu 1.500 vagas por meio do Provão Paulista, das quais 1.365 foram preenchidas. O exame teve um alto índice de participação, com quase 400 mil inscritos e 260 mil candidatos realizando as provas.

Diferentes sistemas de aprovação

Além do Provão Paulista, a USP também utiliza o sistema Fuvest e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar seus calouros. Em 2024, uma mudança na forma de convocação dos candidatos inscritos nas políticas afirmativas foi implementada. Com a nova regra, todos os estudantes concorrem inicialmente às vagas de ampla concorrência, independentemente da categoria em que se inscreveram. As vagas para escola pública e PPI são preenchidas posteriormente, de acordo com os critérios específicos.

Essa alteração teve como objetivo garantir que os estudantes com melhor desempenho tivessem a oportunidade de ingressar na USP, independentemente de sua origem social. Na prática, 118 candidatos autodeclarados PPI foram aprovados pela ampla concorrência, enquanto 726 ingressaram por meio das vagas reservadas para escola pública. Entre os estudantes egressos de escolas públicas que não se autodeclararam PPI, 392 conquistaram vagas na ampla concorrência.

Mudança feita em 2016

A reserva de vagas para estudantes de escolas públicas e PPI foi implementada pela USP em 2016, com o objetivo de ampliar a diversidade na comunidade acadêmica. Desde então, a instituição tem observado um aumento gradativo no número de ingressantes provenientes do ensino público.

Em 2024, a USP também registrou um alto índice de preenchimento de vagas, com 96,5% das vagas totais oferecidas nas três modalidades de ingresso ocupadas. No ano anterior, essa porcentagem foi de 95,6%. As vagas remanescentes estão sendo disponibilizadas para transferência interna e externa.

Evolução da Inclusão Social

Em 2021 a USP registrou 51,7% dos alunos oriundos do ensino público. No ano seguinte, em 2022, o crescimento foi tímido de apenas 0,1% em relação ao ano anterior. O maior salto aconteceu justamente em 2023 quando houve um salto de crescimento de quase 3%. Neste ano, a Universidade de São Paulo registrou 54,1% dos aprovados no vestibular como ex-alunos de escolas públicas.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

Nossa Casa TV © Todos direitos reservados