Luan Vitória Grêmio
Imagem: Victor Ferreira/EC Vitória

Ex-Grêmio estreiou em time baiano

Ídolo do Imortal, Luan encerrou a sua segunda passagem pelo Grêmio sem muito brilho. Dispensado no final de 2023, o jogador agora busca retomar o seu bom futebol no Vitória, que subiu para a Série A do Brasileirão no ano passado.

Ontem (21), contra o Náutico, em partida válida pela Copa do Nordeste, o jogador finalmente fez a sua estreia pela equipe baiana, em um confronto sem brilho que acabou empatado em 1 a 1. No final do embate, Luan acabou sendo colocado em campo pelo técnico Leonardo Condé, que já havia dito que o atleta estava abaixo fisicamente.

Luanel ???????? pic.twitter.com/dthvMTea20

— pedro (@pedro19O3) February 21, 2024

Anunciado no início de janeiro, o meia concordou em firmar um contrato de duas temporadas com o Vitória.  Durante sua última passagem pelo Grêmio em 2023, Luan teve participação em apenas cinco jogos, todos entrando nos minutos finais do segundo tempo. Ao todo, sua presença em campo se limitou a 45 minutos, excluindo os acréscimos, sem registrar gols ou assistências.

Leia mais:

Cruzeiro é eliminado para time da Série D na Copa do Brasil e repete vexame máximo do Inter

Renato Portaluppi vem analisando mais de 20 nomes da base do Grêmio. Confira!

Luan teve declínio na carreira

Um dos maiores ídolos da torcida do Grêmio, o meia-atacante Luan teve uma passagem inesquecível pelo clube gaúcho.

Campeão da Copa do Brasil (2016), da Copa Libertadores (2017), da Recopa Sul-Americana (2018) e de títulos estaduais, o jogador revelado em 2014 se tornou um dos grandes artilheiros da história do Imortal, marcando muitos gols decisivos sob o comando de Renato Portaluppi.

Antiga promessa do futebol sul-americano, quando foi eleito o melhor jogador do continente em 2017, Luan acabou não confirmando as expectativas dos torcedores brasileiros nos anos seguintes à sua saída do Tricolor.

Imagem de destaque: Morgana Schuh/Grêmio/Divulgação

Foto de Daniel Vidal

Daniel Vidal

Gremista jornalista formado no Olímpico Monumental.